Escola Municipal São Sebastião realiza Caminhada da Paz

foto 2 foto 4

“A escola que eu quero: eu curto; eu compartilho; eu cuido”. Este é o tema do projeto realizado pela Escola Municipal São Sebastião, localizada em Jaboatão Centro, que culminou na I Caminhada da Paz, que aconteceu na última segunda- feira (18.08), nas ruas dos bairros de Vila Rica e Lote 92, reunindo cerca de 1.000 pessoas, entre estudantes, professores funcionários e comunidade.

Entre as convidadas para participar do evento estavam as Escolas Arnaldo Peixoto, Salesiana, Nestor Gomes de Moura e Vila Rica. A caminhada teve apoio do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município do Jaboatão dos Guararapes (Sinproja), Secretaria Executiva de Educação, Grupo municipal da Cultura de Paz, Secretaria de Mobilização, Polícia Militar e Coordenação da Regional 1.

 “Durante todo o trajeto a multidão foi saudada com aplausos pela comunidade onde passava, que apoiava a iniciativa, acreditando numa escola que promove a cultura de paz. E que as mãos que fazem a paz começam na escola”, afirmou a gestora da escola, Fátima Couto. A ação contou também com a participação ativa da gestora escolar, Ana Gomes, dos supervisores, Paulo Gomes, Rilda Soares e Andréa Freitas; além da secretária, dos professores e dos estudantes.

 

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Educação infantil de Jaboatão recebe projeto do Canal Futura

20140819_103357

Há dois anos, os profissionais que atuam com crianças de 4 de 5 anos participam de formação

A faculdade Metropolitana, em Piedade, sediou na última terça-feira (19.08) a formação do Projeto Maleta Infância para os professores dos seis Centros Municipais de Educação Infantil (Cemei) e das quatro Creches Municipais. No total participaram 30 educadoras da atividade que trabalha na perspectiva do direito e proteção das crianças.

A Maleta Infância foca a educação integral, que pressupõe a educação completa do ser humano, através da escola e da família, envolvendo a sociedade nesse processo. O currículo escolar também trabalha práticas, habilidades, costumes, crenças e valores que estão na base da vida cotidiana.

“A socialização das Experiências realizadas com as crianças nas Creches foi o foco para apontar as possibilidades de cada vez mais melhorar a qualidade do atendimento aos direitos das crianças na faixa etária de 0 a 5 anos com aprendizagens significativas e lúdicas no desenvolvimento das diversas Linguagens. O material também pode ser trabalhado com os pais”, destacou a gerente de Educação Infantil, Zuleica Leitão.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Parceria capacita profissionais da educação de Jaboatão

P1050900 P1050907

A primeira formação do Projeto Maleta Futura trouxe o especialista André Lázaro

“Educação e Desigualdade” foi o tema da palestra, ministrada por André Lázaro, que inaugurou o circuito de formações que seguira até 2016. Aproximadamente 60 profissionais da educação municipal, entre supervisores e coordenadores educacionais, participaram da formação do projeto Maleta Por que Pobreza? Educação e Desigualdade, nesta quarta-feira (20.08), das 8h às 17h, no Hotel Barramares, em Piedade. Além da palestra, também estavam na programação exibição de vídeos e atividades em grupos.

A gerente de Mobilização Comunitária do Canal Futura, Ana Paula Brandão, deu as boas-vindas. “A maleta futura vem apoiar o nosso projeto na escola com temas sobre desigualdades. As escolas também sofrem com este elemento, a distribuição desigual de renda. A ideia é que a gente desenvolva ações juntos durante estes dois anos”. Ressaltou. A superintendente de desenvolvimento de Ensino de Jaboatão, Edilene Soares, reforçou que ação vem para somar. “O projeto é mais um suporte para as atividades que já trabalhamos na educação. Nós, educadores, somos formadores de opinião e podemos trabalhar com os estudantes questões sociais que ultrapassem os muros das escolas e contribuam para que a história desses jovens seja diferente”, declarou.

“Estamos dando um salto na educação municipal. Implantamos serviço de motoboys para ir à casa das famílias das crianças que estão faltando as aulas, estamos buscando oferecendo educação com qualidade social. Queremos que estes jovens vejam o mundo de uma forma diferente, contribuindo na escola  e na sua comunidade. Até o final do ano estaremos com mais uma parceria com foco nas crianças que estão sendo violentadas. Tudo isso sem perder o foco, que é a educação”, pontuou.

P1050908 P1050904

O pesquisador da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e consultor do Projeto Maleta Por que Pobreza? Educação e Desigualdade, André Lázaro, apresentou alguns dados. “Temos que pensar no agora e no futuro , em muitos países o índice de desemprego entre os jovens é alto. A educação não vai resolver tudo, mas não podemos nos desresponsabilizar. Não podemos falar de pobreza sem falar de desiguladdea e não podemos falar de desigualdade sem falar sem falar da diversidade humana, das questões de raça e gênero”, destacou.

O projeto promovido pela Fundação Roberto Marinho, realizado pelo Canal Futura, contempla 50 unidades de ensino que oferecem turmas dos anos finais e EJA 2º segmento, e tem como objetivo propor estratégias para os educadores levarem para as salas de aula as discussões sobre pobreza, que contribui para as desigualdades sociais e influência no futuro de muitos jovens.

Maleta Por Que Pobreza? Educação e Desigualdade

O kit é composto por:

·  Guia do Facilitador, produzido pela Steps International sobre os documentários Why poverty?;

·  Caderno em formato de Almanaque com textos inéditos e artigos conceituais;

·  Contextualização dos documentários WP feito pelo IPEA; sugestão de atividades; e indicações de outras fontes;

·  Livro produzido pelo IPEA a partir de reflexões sobre pobreza e desigualdade no Brasil;

·  Livro “Para compreender a pobreza no Brasil”, de Victor Valla e outros.

·  Anuário Brasileiro da Educação básica – 2013

·  Material audiovisual, composto pelos documentários WP, Sala Entrevista, programas de acervo Futura, Diz Aí Enfrentamento ao Extermínio da juventude negra.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Escola Compositor Luiz Gonzaga Maranhão prestigia alunos da EJA

SAM_2442 SAM_2460

O Dia do Estudante, comemorado em 11 de agosto não passou em branco na unidade de ensino

Professores e gestoras que integram a Escola Municipal Compositor Luiz Gonzaga Maranhão organizaram uma comemoração ao Dia do Estudante, no dia 11 de agosto, para os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). No total, a escola possui cinco turmas com 195 estudantes nesta modalidade. No evento aconteceram oficina de isolamento de fungos, dramatização da Batalha dos Guararapes, jogos lúdicos e bingo. A gestão da escola destaca que a ideia surgiu a partir da percepção do interesse dos mesmos e com o intuito de melhorar a autoestima destes alunos que são pouco valorizados.

SAM_2458

“A oficina temática de leitura na Educação de Jovens e Adultos (EJA) destaca a importância da leitura do mundo que nos cerca, principalmente para este segmento que ingressa nesta modalidade de ensino para reconquistar o tempo que parecia perdido. No entanto, esta volta se dá com um diferencial: a certeza de um recomeço onde o querer está presente. A importância do ser e estar neste mundo desempenhando o seu papel, a importância do mesmo para o social. Diversos temas, na área de ciências e de atualidade são abordados. As oficinas apresentadas pelos alunos têm os professores para nortear, explicando como realizar o trabalho de pesquisa, auxiliando no decorrer do desenvolvimento das atividades e proporcionando momentos de interação e cidadania”, enfatizou a gestora Cirleide Assis.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Jaboatão participa de formação itinerante do Projeto Paralapracá

10495586_559970154128421_6224045335457718502_o 1396999_559967767461993_5644197666096571583_o

Durante três dias profissionais da educação participam de troca de experiências em Olinda

Momento de descontração e acolhimento com a apresentação da Carroça dos Encantados fez os presentes no Palácio dos Governadores – Prefeitura Municipal de Olinda viajar no mundo da imaginação, na manhã de ontem (13.08). O V Encontro de Formação e II Formação Itinerante do Projeto Paralapracá está reunindo, entre os dias 13 e 15 de agosto supervisores, coordenadores pedagógicos e gerentes de educação dos municípios contemplados com o projeto. O grande destaque do encontro formativo é a troca de experiências com Paola Strozzi e Vanna Levrini, pedagoga e professora, respectivamente, do Centro Internacional Loris Malaguzzi, situado em Reggio Emilia, cidade da Itália. Atualmente o projeto realizado pelo Instituto C&A e pela Avante, acontece em Jaboatão dos Guararapes (PE), Olinda (PE), Maceió (AL), Natal (RN), Maracanaú (CE) e Camaçari (BA).

A formação acontece no Hotel 7 Colinas e entre os temas abordados estão Educação infantil como responsabilidade e direito de todos e Como o ambiente expressa o direito e a potencialidade da criança. O secretário Executivo de Educação de Jaboatão dos Guararapes, Francisco Amorim, participou da abertura solene. “A viagem que fizemos para Reggio Emilia proporcionou um impacto em nossos corações com a realidade que vimos por lá. Todas as escolas de Educação Infantil e as creches tem o Paralapracá em Jaboatão. Recentemente fizemos uma ação na cidade que antecipa a meta no Ministério da Educação, fizemos o Busca Ativa. O Programa mapeou e inseriu nas escolas as crianças de 4 e 5 anos que estavam sem estudar”, destacou.

“Não vamos apresentar aqui um modelo para ser implantado, mas sim uma experiência que há 50 anos está em Reggio Emilia.Trocaremos experiências e falaremos de problemas que também vivemos. Uma de nossas estratégias é deixar a presença das crianaçs em todos os lugares da cidade como lojas, bancos e ruas. As primeiras creches foram construídas pela sociedade, puxadas pela vontade das mães. É  importante lembrar que educação é um direito e a responsabilidade é de toda a comunidade”, afirmou a professora do Loris Malaguzzi, Vanna Levrini.

Em 2013, o Instituto C&A levou prefeitos, secretários (as) de Educação e técnicos de Educação dos municípios onde o projeto é desenvolvido para conhecer a experiência do Centro Internacional Loris Malaguzzi, situado em Reggio Emilia, cidade da Itália. A viagem de intercâmbio teve o objetivo de fortalecer a atuação dos gestores públicos nas políticas públicas da infância. A cidade, localizada no centro-norte do país, possui cerca de 172.000 habitantes, sendo 6% crianças de zero a seis anos; destas, 65,9% frequentam creches ou pré-escolas públicas (dados de maio de 2012).

10553952_559970180795085_5490445629092890532_o

PARALAPRACÁ

Jaboatão dos Guararapes foi um dos cinco municípios do Brasil selecionados para participar do projeto Paralapracá do Instituto C&A, em 2009, a partir daí o trabalho aconteceu por mais de dois anos em 25 escolas. A ação envolve formação continuada dos professores da Educação Infantil, disponibilização de um baú com livros e fantoches para cada unidade de ensino desenvolver a prática pedagógica, além de materiais para os alunos. As capacitações são nos eixos brincadeira, música, arte, literatura, exploração do mundo e organização do ambiente. O foco é contribuir para a melhoria da qualidade do atendimento às crianças na educação infantil de até 5 anos e 11 meses, buscando o seu desenvolvimento integral.

AVANTE

A Avante – Educação e Mobilização Social é uma instituição que atua há mais de 20 anos e tem como missão contribuir para a formação do cidadão, pela educação e o desenvolvimento de tecnologias de intervenção social, visando à garantia dos direitos sociais básicos e ao fortalecimento da sociedade civil.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Jaboatão anuncia ampliação do programa Mais Educação na rede de ensino

A partir do mês de agosto serão 24 mil estudantes com jornada ampliada nas escolas

Ampliar a permanência dos alunos na escola, contribuindo para maior aprendizado e diminuição da vulnerabilidade social, esta entre os benefícios do Programa Mais Educação, do Governo Federal. Na próxima terça-feira (19.08), na Escola Municipal em Tempo Integral, Bartolomeu de Gusmão, em Piedade, a partir das 10h, a Secretaria Executiva de Educação estará anunciando a ampliação do Mais Educação no município. Atualmente são atendidos 16 mil estudantes e no segundo semestre passará a ser 24 mil, o que corresponde a quase 50% da rede ensino.

O Programa visa contribuir construção da agenda de educação integral nas redes estaduais e municipais de ensino que amplia a jornada escolar nas escolas públicas, para no mínimo 7 horas diárias, através de oficinas nas áreas pedagógicas, comunicação, culturais e de lazer. As escolas escolhem as oficinas que serão ofertadas, porém são obrigatórias as atividades de acompanhamento pedagógico. Os recursos são repassados diretamente para as escolas que escolhe os professores comunitários e compra os materiais necessários.

“Estamos avançando no serviço de educação integral em Jaboatão. Temos sete escolas que funciona como Educação em Tempo Integral, porém teremos agora no segundo semestre 114 escolas com Programa Mais Educação. Estas crianças que passam mais horas nas escolas aprendem mais e ficam menos expostas a violência e criminalidade das ruas”, enfatizou o secretário Executivo de educação Francisco Amorim.

As escolhas das atividades são feitas pelos conselhos escolares de cada escola. O Governo Federal disponibiliza recurso para o programa, mas os municípios também investem para que o Programa tenha um bom desenvolvimento, seja com a alimentação ou com aluguel de espaços. Cada Escola tem um coordenador do programa e os professores comunitários que recebem uma bolsa para exercer a função. Eles devem ter conhecimento de acordo com a oficina escolhida e morar no entorno das unidades de ensino.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Estudante de Jaboatão ganha tablet em concurso de leitura

IMG-20140811-WA0014

A etapa municipal do concurso Ler Bem, promovido pela Aspa, premiou o estudante Ítalo Henrique

Em Jaboatão o aluno vencedor da 4ª edição do concurso “Ler Bem” no município foi Ítalo Henrique, do 4º ano da Escola Municipal Humberto Barradas, que aconteceu em julho deste ano. Na última segunda-feira (11.08) aconteceu a semifinal no Hotel Dorisol, em Piedade, na ocasião 12 municípios participaram e cada estudante foi premiado com um tablet.

Os estudantes puderam chegar ao local com um acompanhante pela manhã para ir treinando, almoçaram no hotel e o evento competitivo começou às 14h. A banca foi composta por oito pessoas e as avaliações avaliavam pontuação, desenvoltura, entonação e a leitura em si. Inicialmente foi realizada a seleção dos seis melhores dos 12 participantes, o estudante Ítalo ficou entre os seis. Os três classificados para a próxima etapa foram dos municípios de Olinda, Escada e Palmares

O concurso Ler Bem,  realizado pela da Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (ASPA), tem como foco incentivar os estudantes o gosto pela leitura. Neste ano eles ganharam o livro O Menino Transparente, da autora Patrícia Seco, os textos sorteados para serem lidos na semifinal foram retirados deste material.

“O incentivo à leitura é uma prática nossa, especialmente, nas escolas em Tempo Integral. Nós temos uma meta de cada estudante ler 32 livros durante o ano letivo, no ano passado esta média ultrapassou a meta e chegou a 40”, destacou a gerente de Educação em Tempo Integral da Secretaria Executiva de Educação de Jaboatão, Aldeniz dos Santos.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Mais uma escola será entregue

Convite Escola Maria Augusta (1)

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Caro estudante,

Uma cidade só desenvolve quando seus munícipes participam do processo evolutivo e para que isso aconteça é fundamental educação de qualidade como alicerce. Nesse sentido, quando pensamos no futuro de Jaboatão dos Guararapes, sem pestanejar, lembramos dos nossos alunos. E nesse dia 11 de agosto, cujo comemora-se o dia do estudante, não podíamos deixar de parabenizar a todos que fazem parte da rede municipal de ensino e que é em prol destes que trabalhamos diariamente para oferecer um serviço de qualidade visando o avanço do aprendizado para que estes jovens posso garantir um futuro melhor.

A Secretaria Executiva de Educação vem desenvolvendo continuamente ações que buscam contribuir para a um ensino de qualidade, sabemos que ainda há muito a ser feito, mas juntos, Estudantes, Professores, Gestores e todos que fazem a educação municipal, mudaremos a realidade e tornaremos estes estudantes grandes vencedores!

Lutem pelos seus sonhos e busquem a garantia dos seus direitos, porém não esqueçam que temos deveres também. Cuidem da sua escola, pois através dela vocês avançam quanto cidadãos e conservam um espaço que muitos outros ainda irão usufruir.  A Escola e de toda comunidade e vocês dão vida para este espaço.

Feliz dia do estudante!

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Profissionais de Jaboatão participam de encontro sobre educação

A secretaria executiva de educação custeou 200 participantes, entre gestores, e técnicos da área

“Promover formações para profissionais da área de educação é um investimento necessário e que traz bons frutos. Com capacitações, a qualidade do ensino eleva o desempenho dos alunos também. O governo municipal realiza formações continuadas para gestores, professores e educadores dos programas de educação”, destacou o secretário executivo de Educação de Jaboatão dos Guararapes, Francisco Amorim, enfatizando a importância da participação em congressos. Entre os dias 7 e 9 de agosto, 200 profissionais da educação, entre gestores e técnicos da área, participaram do 2º Congresso Internacional de Educação do Estado de Pernambuco, no Centro de Convenções, em Olinda.

Entre as palestras da programação está ”Escola de Tempo Integral. Poderá Ser Esse o Futuro para Uma Educação de Qualidade em Nosso País?”, apresentada por Ariana Cosme, Valter Pergorer e convidados. Uma discussão que trata de uma realidade atual do município de Jaboatão dos Guararapes, tendo em vista a implantação de sete escolas em tempo integral e 114 escolas com programa Mais Educação, que amplia a jornada nas unidades de ensino. O governo municipal compreende que quanto maior for o tempo de permanência na escola, melhor é o aprendizado e menor o tempo de vulnerabilidade das crianças.

Outra temática muito abordado no encontro é a Alfabetização de Qualidade e a Elevação dos Índices do IDEB, por Regina Shudo (PR). Em Jaboatão, a meta do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) previsto para 2021 foi antecipada para 2016, tendo em vista o avanço da educação no município.  Além das ações para melhorar o processo de alfabetização, leitura e escrita, como é o caso do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic).

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados