Preservação de Patrimônio e Meio Ambiente é tema de formação

O encontro foi promovido pela Secretaria Executiva de Educação em parceria com as Secretarias Executivas de Administração, Gestão de Pessoas e Previdência, e de Meio Ambiente e Gestão Urbana

Os gestores escolares da rede municipal de ensino de Jaboatão dos Guararapes participaram de mais uma formação nesta quinta-feira (28/04), no Espaço de Formação, em Piedade. Os temas discutidos na formação realizada pela Secretaria Executiva de Educação foram Preservação Patrimonial e Projeto Escolas Sustentáveis – Juntos cuidando da nossa Cidade. A capacitação aconteceu nos dois turnos para que cada profissional participasse no seu horário de trabalho.

A gerente de Patrimônio, Serviços e Almoxarifado da Secretaria Executiva de Administração, Gestão de Pessoas e Previdência, Renatha Soares, fez uma explanação sobre o tema Gestão do Patrimônio Móvel na Instituição de Ensino. “É necessário conhecer os fluxos, a rotina e o procedimento. Todas as vezes que as escolas compram um bem tem que informar para o setor de tombamento”, declarou.

A gerente Administrativo e de Apoio Logístico da Educação, Aldeniz dos Santos, pontuou a importância do momento. “É importante os gestores, pais e alunos se responsabilizarem pelo bem que é de todos. Estamos repondo constantemente portas em escolas porque os estudantes quebram. As escolas compram equipamentos que precisam ser tombados e a Secretaria de Administração vai fazer isso nas escolas”, afirmou.

A Assessora de Educação Ambiental, Amanda Pereira, apresentou para os gestores o Projeto Escolas Sustentáveis. “Já fizemos formação com os professores comunitários das escolas e lançamos a cartilha guia para os professores. Temos oito escolas modelos na cidade e estamos expandindo para as demais escolas para que elas possam executar as atividades também”, declarou.

O guia tem orientações de como implementar salas verdes (com jogos educativos), hortas orgânicas (com ervas medicinais e para alimentação, oficinas de eco arte (criação de objetos com materiais descartáveis), entre outras dicas.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

“Maria da Penha Vai à Escola” leva conscientização a estudantes de Cavaleiro

67628,800,80,0,0,800,600,0,0,0,0

De forma interativa, estudantes aprendem a enfrentar a violência contra a mulher

Por Aline Rodrigues

Durante os encontros, estudantes a partir do 5º ano da rede de todas as Regionais, totalizando 35 unidades de ensino, participam do primeiro momento lendo uma carta sobre o que é a lei Maria da Penha e como surgiu, o que os deixa informados sobre a temática. Já no segundo momento, há uma interatividade com os jovens, estimulando a produção de cartazes, mostrando o que entenderam e como é possível combater a violência.

Estudantes que participam veem a ocasião como mais uma forma de aprendizado levado à sala de aula, além de ser importante para saber como identificar sinais de que as mulheres estão sofrendo dentro e fora de casa. A estudante do 8º ano, Maria Eduarda, 13 anos, falou um pouco sobre a experiência que teve com a palestra. “Agora eu sei reconhecer quando uma mulher está sofrendo um abuso em um ônibus, por exemplo, além de ter conhecimento para incentivar meus amigos a identificarem também”, disse.

De acordo com a Cristiana Magalhães, gerente de Enfrentamento à Violência contra a Mulher “debater gênero nas escolas é fundamental para toda a sociedade, pois com esse tema, podemos desconstruir preconceitos existentes no ambiente escolar, além de construir princípios que passam pela igualdade de direitos nas instituições públicas de ensino, para que as crianças e adolescentes se fortaleçam e tenham a liberdade de escolha dentro de um sistema social muitas vezes repressor”, informou Cristiana.

Foto: Marcelo Ferreira

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Avaliação comprova: Jaboatão tem o melhor ensino da RMR

67209,800,80,0,0,800,600,0,0,0,0

Os últimos índices de rendimento no município vem ganhando destaque pelo crescimento constante

No último mês de março o resultado do Saepe 2015 foi divulgado para os gestores municipais e estaduais, no Hotel Portal de Gravatá, localizado no Agreste do Estado. A equipe técnica da Secretaria Executiva de Jaboatão dos Guararapes reuniu os dados e analisou detalhadamente os resultados por turmas, localidades e anos anteriores, para se ter um diagnóstico comparativo. As avaliações foram aplicadas nas turmas de 3º e 5º anos, e 8ª série, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

 

Para as turmas de 3º ano e de 8ª série, nas duas disciplinas, Jaboatão ficou em 1º lugar na Metropolitana Sul, que engloba os municípios de Moreno, Ipojuca, Cabo de Santo Agostinho, São Lourenço da Mata, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes. Nas turmas de 5º anos, nas duas disciplinas, a cidade ficou em segundo lugar, no entanto na mesma faixa de classificação (Elementar 2).

“O esforço contínuo de todos que fazem a Educação pode ser constatado nesses resultados. A nossa administração não foca apenas na infraestrutura, mas prioriza a prática pedagógica para que o processo de ensino/aprendizagem seja de sucesso. A alfabetização na idade certa vem sendo galgada, hoje temos a maioria das crianças chegando no 1º ano lendo ou praticamente lendo. Tivemos mais de 150 alunos aprovados em escolas técnicas Estaduais e Federais. Entregamos mais de 30 escolas para a população, e este ano chegaremos a um montante de mais 15 entregues. Estamos no caminho certo”, comemorou o secretário Executivo de Educação, Francisco Amorim.

Objetivos do Saepe:

-     Produzir informações sobre o grau de domínio dos estudantes nas habilidades e competências consideradas essenciais em cada período de escolaridade avaliado.

-     Monitorar o desempenho dos estudantes ao longo do tempo, como forma de avaliar continuamente o projeto pedagógico de cada escola, possibilitando a implementação de medidas corretivas, quando necessário.

-     Contribuir diretamente para a adaptação das práticas de ensino às necessidades dos alunos, diagnosticadas por meio dos instrumentos de avaliação.

-     Associar os resultados da avaliação às políticas de incentivo com a intenção de reduzir as desigualdades e elevar o grau de eficácia da escola.

-     Compor, em conjunto com as taxas de aprovação verificadas pelo Censo Escolar, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco – IDEPE.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Cultura entrega cartilha para professores de história

Cartilha Cultura

O material será distribuído para os educadores e para as escolas de 6º ao 9º ano

Desde 2012 a Secretaria Executiva de Cultura vem realizando um trabalho transversal junto à Secretaria Executiva de Educação de formação continuada para os professores de Língua Portuguesa, Geografia, História e Artes. O programa dá mais um passo e lança uma cartilha de Preservação da História e do Patrimônio Cultural do Jaboatão dos Guararapes, na próxima quarta-feira (27), às 9h, na Casa da Cultura, em Jaboatão Centro.

De acordo com a coordenadora de Patrimônio, Idalice Laurentino, o material foi elaborado durante um ano.  “Fizemos pesquisas e produzimos um material fotográfico para a cartilha, que é rica e objetiva mostrar para os professores e alunos o potencial da cidade e os patrimônios de Jaboatão dos Guararapes”, afirmou.

Serão cerca de 20 cartilhas por escola com turmas dos Anos Finais do Ensino Fundamental e uma publicação para cada professor de história, aproximadamente 60. Na ocasião acontecerá uma oficina, exibição de vídeos e degustação do bolo Souza Leão, Patrimônio Cultural e Imaterial de Jaboatão. O material foi todo produzido no modelo de quadrinhos o que proporciona maior atração do público estudantil.

Autores:

Severino Ribeiro da Silva - Professor de História e Mestre em Arqueologia. Coordenador do Museu do Ginásio Pernambucano e Arqueólogo do Museu da Cidade do Recife.

Idalice Maria Laurentino - Bacharel em Turismo, Especialista em Turismo e Patrimônio Histórico; Gestão e Política Ambiental e Planejamento e Administração do Turismo. Coordenadora do Patrimônio Histórico do Jaboatão dos Guararapes.

James Davidson Lima - Professor de Geografia nas redes municipais do Jaboatão dos Guararapes e do Moreno. Membro fundador das Academias de Letras do Jaboatão dos Guararapes – ALJG e do Moreno AMLA.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Prática pedagógica rompe barreiras do ensino comum

DSC_0306

Jornada pedagógica da Escola em Tempo Integral José Rodovalho dá exemplo de unidade de ensino que acopla temas transversais no ensino/aprendizagem

Só sabe quem sente na pele, quem vive cotidianamente algum tipo de preconceito, fato que está suscetível a todos os cidadãos, mas especialmente as classes menos favorecidas economicamente ou as pessoas diferentes fisicamente e/ou culturalmente. No contexto atual as Unidades de Ensino buscam discutir a temática para disseminar o respeito às diferenças e na Escola em Tempo Integral José Rodovalho, em Piedade, não é diferente. Na última quarta-feira (20/04), uma programação recheada de atividades fez parte do Plantão Pedagógico. O tema da I Mostra Visual de Ensino Aprendizagem ETI José Rodovalho foi “Refletir, discutir, propor e articular modos de combate e enfrentamento ao preconceito e a intolerância”.

A ação expôs o resultado do que foi trabalhado na Unidade e para ocasião a Escola fez parcerias com as Secretarias Executivas de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Promoção da Saúde, Assistência Social e Direitos Humanos, cada turma teve um subtema especifico e fez apresentações nas salas de aulas para os visitantes, além da presença de palestrantes para discutir a temática.

A mãe Isabela Lins de Souza aprova a iniciativa. “Essa escola sempre tem coisas boas, gosto da cultura de ter banda macial, muitas escolas não têm mais. Hoje essa campanha de vacinação para as adolescentes está sendo ótima. Aqui tem muita apresentação e jogos pedagógico”, afirmou.

DSC_0304

A gestora da Escola, Anna Paula Fonte, destaca que a escolha da temática foi de acordo com a realidade local. “Chamamos a comunidade para que as pessoas possam repensar as questões de preconceitos. Aqui na escola os preconceitos mais fortes eram nas questões de gênero e de religiosidade. Estamos realizando também, o projeto harmonia social onde vamos fazer momentos com os responsáveis dos estudantes, com os alunos e com os funcionários da escola”, pontuou.

Para a educação infantil o aprendizado foi através do Preconceito e Violência Com os Animais de Rua, quem pode estar presente hoje teve a oportunidade de se cadastrar para adotar um animal de rua, a Secretaria de Meio Ambiente irá fazer o dia da doação posteriormente com os animais já vermifugados e vacinados. Os Anos Iniciais do Ensino Fundamental discutiu os preconceitos com idoso, mulher (gênero), doenças contagiosas, deficiente, racial e religião. Já os Anos Finais do Ensino Fundamental ficou com preconceitos cultural, sexual, xenofobia/nativismo e sócio-econômico.

“O preconceito é uma palavra pequena, mas que acontece muito, ele existe. Às vezes a gente vai em uma loja e só porque não estamos bem vestidos não atendem a gente bem. Esse tema foi muito importante”, afirmou a estudante Vitória Beatriz Beltrão, 13 anos. Os alunos do 8º ano realizou uma pesquisa sobre preconceito sócio-econômico e identificaram que muitos estudantes da escola passam por situações de discriminação de classes, entre as perguntas da pesquisa estavam você tem vergonha de dizer a profissão de seus pais? e você já sentiu vergonha por não ter determinado objeto que outras pessoas têm?.

O ex-secretário de Direitos Humanos de Jaboatão, Marcelo Gadelha, prestigiou o evento e conversou sobre preconceito. “Temos que desmistificar o uso e abuso das drogas, falar sobre a redução de danos e os tratamentos. A sociedade olha com o olhar criminalizador, é uma situação que envolve saúde, não funciona com repressão. É preciso entender que as pessoas fazem suas escolhas. Polícia não é para o usuário, mas sim para o traficante”, pontuou. No evento aconteceu vacinação contra HPV e exames de sífilis e HIV.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Estudante de Jaboatão é classificada para campeonato nacional de judô

20160425_115529

A Seletiva aconteceu no último dia 23 de abril em Paulista e a judoca foi classificada em 1º lugar. O campeonato está previsto para o segundo semestre 

Junto aos melhores atletas de Judô de Pernambuco a estudante da Escola Municipal Jaboatão dos Guararapes, Yslariele da Silva, de 10 anos, foi classificada para o Campeonato Brasileiro que acontece na Bahia, em Lauro de Freitas. A competição que deu o título de campeã à jovem judoca foi realizado no último sábado (23), no Ginásio Municipal de Paulista. A previsão é que a competição para a categoria dela, Sub-13 feminino/super ligeiro, seja realizada no segundo semestre.

Já no Campeonato Regional II que aconteceu em Natal /RN, no início de abril, onde participaram os Estados de Alagoas, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Sergipe, a jovem atleta ficou em 2º lugar. A atleta mirim já ganhou mais de 20 competições com pouco mais de dois anos de treino.

Ysla (como é chamada), treina através do Programa Mais Educação e em uma academia particular do bairro com bolsa.  Apesar de completar 11 anos somente em setembro, o pai da atleta assinou um termo para que a jovem pudesse competir na categoria sub 13 desde o ano passado, tendo em vista que a mesma treina com meninos de categoria superior à sub 11, que seria a categoria relacionada para a idade da atleta.

De acordo com o pai, Adilson César, a dedicação aumentou. “Agora ela faz parte da seleção de Pernambuco, devido às vitórias. Ela está treinando na Federação Pernambucana de Judô (FPJU). Isso é bom porque ela pode treinar com os melhores do Estado”, afirmou.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Oficinas de grafite e capoeira reúnem escolas e comunidade em Cajueiro Seco

67583,800,80,0,0,800,600,0,0,0,0

A iniciativa, que aconteceu na manhã desta quarta-feira (20), é resultado da união da Cultura e da Educação promovida pelo Programa Mais Cultura nas Escolas

Por Luciana Almeida 

A manhã desta quarta-feira (20) começou com muita alegria e diversão na Praça de Nossa Senhora do Carmo, em Cajueiro Seco. Em um momento de descontração e aprendizagem, escolas e comunidade se reuniram em prol de um projeto que envolve atividades artísticas e culturais, com o intuito de influenciar na formação social dos jovens através do contato ativo com essas experiências. A iniciativa marcou o lançamento do Programa Mais Cultura nas Escolas.

Na ocasião, foram promovidas oficinas de grafite e capoeira, atividades que fazem parte dos projetos culturais desenvolvidos pelas Escolas Municipais Nossa Senhora do Carmo, Paulino Menelau e Doutor José Leopoldino, e inscritos no Programa Mais Cultura nas Escolas, o qual selecionou os projetos que mais se encaixavam nos critérios propostos no edital, para receber incentivos Federais na promoção das ações.

67588,800,80,0,0,800,600,0,0,0,0

O Programa surgiu com o objetivo de incentivar a relação dos projetos pedagógicos de escolas públicas que participam do Programa Mais Educação, com as atividades artísticas realizadas pela própria comunidade. A iniciativa reconhece a importância da formação de territórios educativos, onde saber formal, saberes comunitários e práticas culturais trabalhem de modo integrado.

Segundo o Secretário Executivo de Educação, Francisco Amorim, o programa possui três grandes eixos que consistem na valorização da cultura local, aproveitando os profissionais da própria comunidade, na interação da escola de forma integral em um único projeto e na participação efetiva da comunidade nas atividades. “Eu passei em três pontos e pude perceber a presença dos pais nas ações, constatando a mudança que isso traz para a sociedade. É um projeto que influencia no futuro das crianças e jovens, envolvendo-os em atividades que mexem com o seu dia-a-dia e trazendo a comunidade para dentro da escola, ensinando aos que participam a valorizar e difundir a cultura”, afirmou.

A empolgação dos jovens era visível em seus olhos atentos a cada detalhe dito pelos orientadores, que, por sinal, são profissionais do próprio local. Para a gestora Inês, da Escola Doutor José Leopoldino, o projeto é de grande importância para o conhecimento da cultura por partes dos alunos, que, segundo ela, participam ativamente em cada atividade. Para Maria, aluna do 4º ano da Escola Nossa Senhora do Carmo, essa foi uma oportunidade para entrar em contato com o mundo do grafite. “Adorei. Gosto muito de desenhar e pintar, mas nunca tinha feito grafitagem. Aprendi muito e vou participar mais vezes”, garantiu.

PROGRAMA MAIS CULTURA NAS ESCOLAS – Esse ano foram selecionados 5 mil projetos de escolas públicas inscritas no Sistema de Monitoramento e Controle do Ministério da Educação (SIMEC), das quais 9 foram referentes ao município do Jaboatão. Os planos se baseiam em um ou mais temas estabelecidos previamente pelo edital do programa, o qual engloba criação, circulação e difusão da produção artística; cultura afro-brasileira; promoção cultural e pedagógica em espaços culturais; educação patrimonial; tradição oral; cultura digital e comunicação; educação museal; culturas indígenas e residências artísticas para pesquisa e experimentação nas escolas.

As escolas participantes receberão recursos para custear as atividades, como a compra de materiais para uso nas ações, locação de transportes, serviços e equipamentos, por exemplo. Os gestores deverão documentar o acompanhamento das atividades através de relatórios registrados no SIMEC.

67585,800,80,0,0,800,600,0,0,0,0

Fotos: Marcelo Ferreira

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Programa do Ministério da Culta visita escolas de Jaboatão

IMG-20160418-WA0009

Nove unidades de ensino tiveram os planos de atividades aprovados dos cinco mil inscritos em todo o Brasil

Na próxima quarta-feira (20/04), o Ministério da Cultura estará visitando as escolas do município de Jaboatão dos Guararapes que participam do Programa Mais Cultura nas Escolas (PMCE). A visita visa dialogar com os atores do projeto, sendo eles gestores escolares, professores, estudantes e iniciativas culturais parceiras. Na ocasião, para recepcionar os profissionais, as Escolas Nossa Senhora do Carmo, Paulino Menelau e Dr. José Leopoldino estarão realizando apresentações culturais na Praça Nossa Senhora do Carmo, em Cajueiro Seco, a partir das 8h.

O PMCE é resultado de uma parceria entre a Secretaria de Educação Básica (MEC) e a Secretaria de Políticas Culturais do (MinC), marcando o início de intersecções estratégicas entre os Planos Nacionais de Educação (PNE) e Cultura (PNC). Os projetos receberam recuso para desenvolver s ações.

O programa tem a finalidade fomentar ações que promovam o encontro entre o projeto pedagógico de escolas públicas contempladas com o Programa Mais Educação e experiências culturais e artísticas em curso nas comunidades locais, reconhecendo e contribuindo à formação de “territórios educativos” onde saber formal, saberes comunitários, prática artística e cultural trabalhem de modo integrado.

O Plano de Atividade Cultural foi elaborado conjuntamente pela escola e iniciativa parceira, dialogando com um ou mais eixos temáticos propostos pelo Programa, considerando a realidade escolar e comunitária com duração de 6 meses.

O secretário Executivo de Educação, Francisco Amorim, pontua a importância do dialogo com a comunidade. “Esse projeto além de valorizar a cultura local envolve a população do entorno das escolas. A escola é um espaço público e nos possibilita fomentar a cultura, além da educação”, afirmou.

PROGRAMAÇÃO DO PMCE

Uma Roda de Debates com Parteiras do Projeto Parto Tradicional, desenvolvido na Escola Marechal Costa e Silva, acontecerá no dia 26/04 na residência da presidente da Associação das Parteiras de Jaboatão. Já no dia 28/04, alunos da Escola Antônio Vieira de Melo apresentarão um Programa de Rádio na Praça do Zumbi do Pacheco.Oficinas de Circo, Teatro e Percussão no dia 06/05 de 08h às 11h na Praça Floriano Peixoto/Socorro (ao lado do Criança Esperança). No dia 25/05 os alunos da Escola Nossa Senhora do Carmo irão grafitar os muros da Escola Maria Augusta Dutra de 08h às 12h.

ESCOLAS DO PMCE

1. Nossa Senhora do Carmo -Grafite

2. Olavo Bilac -Percussão

3.Visconde de Suassuna -Capoeira

4. Humberto Barradas – Circo

5. Dr. Luiz Gonzaga Maranhão – Teatro

6.Marechal  Costa e Silva – Associação de Parteiras /Contação de história

7. Antônio Vieira de Melo – Rádio Escolar

8. Paulino Menelau – Capoeira

9. Dr José Leopoldino -Capoeira

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Modelo de Sustentabilidade chega à Escola rural

20160418_104903

Unidade de ensino localizada em meio a mata atlântico tornou-se escola modelo de sustentabilidade

Projeto que visa beneficiar oito unidades de ensino no município de Jaboatão dos Guararapes aporta na Escola em Tempo Integral Josefa Batista, localizada em Cova de Onça, no Curado. A Secretaria de Meio Ambiente e Gestão Urbana lançou oficialmente, na manhã desta segunda-feira (18/04), o projeto “Escolas Sustentáveis- Juntos Cuidando da Nossa Cidade”, na escola com a presença da secretária de Desenvolvimento e Mobilização Social, Conceição Nascimento, e dos secretários Executivos de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Carlos Sampaio, e de Educação, Francisco Amorim, e o assessor Especial do Gabinete, Edir Peres.

“Quando entrei aqui chamou minha atenção a escola bonita, limpa e com alunos educados. Com essa parceria e a entrega destes kits, tenho certeza que vão faze rum bom trabalho”, declarou o secretário Executivo de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Carlos Sampaio,

A unidade de ensino é uma das quatro escolas que recebeu o selo Programa das Escolas Associadas (PEA), da Unesco, pelas prática desenvolvidas com foco na sustentabilidade. Desde o ano passado a escola vem desenvolvendo ações através da parceria da Educação com Meio Ambiente, durante o evento de hoje o kit do projeto foi entregue. São oito “Escolas Modelo em Sustentabilidade” e os professores das escolas participantes recebem capacitações com orientações técnicas para implantação de forma autônoma do projeto.

Os kits de educação ambiental incentivam a criação de espaços pedagógicos, tais como salas verdes (com jogos educativos), hortas orgânicas, recreio ambiental, oficinas de eco arte (criação de objetos com materiais descartáveis), além de uma cartilha “Guia do Professor – Instrumentos e práticas para a educação ambiental nas Escolas do Jaboatão dos Guararapes”, lançada na última sexta-feira (15/04).

Francisco Amorim reforçou a importância da escola. “Em 2009, quando assumimos o governo, quase fechamos esta escola por falta de estudantes. Mas insistimos e fizemos umas alterações e hoje ela é este modelo, que além de todas estas ações, estamos construindo uma aprendizagem de qualidade”, afirmou.

Para Conceição Nascimento é mais uma prova que educação é prioridade.”Colocamos esta escola em tempo integral, investimos. E aqui está ela, com estes jovens multiplicadores. Todos sabem que temos que preservar a natureza e com este período de chuva, com o calor em seguida, o cuidado é maior, Queremos que estas crianças cresçam e se tornem adultos conscientes e passem as informações para os pais”, concluiu.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados

Abertura da Campanha da Voz atende mais de 500 pessoas

“Em todos os ciclos da vida, Seja Amigo da sua Voz”, este foi tema central da Campanha Seja Amigo da Voz 2016 que objetiva conscientizar e diagnosticar precocemente doenças vocais 

Este ano o município de Jaboatão dos Guararapes foi o anfitrião da campanha realizada pelo Conselho Regional de Fonoaudiologia 4ª Região (CREFONO 4) e teve um pólo à disposição da população. Anteriormente, a Região Metropolitana contava apenas com  o pólo central localizado na praça do Dérbi, no Recife, que também permaneceu este ano. A abertura da Campanha da Voz 2016 aconteceu nesta sexta-feira (15), na Praça do Rosário. As atividades se estendem até o dia 29 de abril com públicos específicos, como professores, idosos e deficientes.

A ação acontece em alusão ao Dia Mundial da Voz (16 de abril) e além de distribuição de materiais explicativos, águas e maçãs, uma equipe de profissionais das Secretarias Executivas de Educação e de Promoção da Saúde realiza triagens e encaminhamentos para exames. O objetivo é identificar a presença de sinais e sintomas que favoreçam o diagnóstico precoce de doenças, como o câncer de laringe. Os casos identificados serão encaminhados para exame de videolaringoscopia nos Hospitais do Câncer e das Clinicas.

“No dia de hoje atendemos mais de 500 pessoas em nosso pólo. Contamos com o apoio de estagiárias da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), da Universidade Católica (Unicap) e da Funeso. É importante as pessoas entenderem que rouquidão por mais de 15 dias, cansaço, pigarro constante, voz sumindo ou falhando  não é normal”,  afirmou a coordenadora da Caspe (Coordenação de Assistência à Saúde dos Profissionais da Educação), Ubirajane Oliveira, responsável pela Campanha no município.

O secretário Executivo de Educação, Francisco Amorim, esteve presente na abertura da campanha no município. “Começamos esta campanha através da Secretaria de Educação, sempre compreendemos a necessidade deste trabalho tendo em vistas que os professores são profissionais que usam muito a voz e acabam adquirindo alguma doença. É muito bom a campanha crescer e hoje sermos mais um pólo na Região Metropolitana”, pontuou.

A dona de casa Marinice Nunes, de 45 anos, foi atendida. “Eu vi pela televisão e vim logo. Eu fico rouca, gostei do atendimento e eles me encaminharam para atendimento em uma clínica”, afirmou. A população em geral foi direcionada para locais que fazem atendimentos e são conveniados com a campanha, os servidores de Jaboatão serão atendidos pelo Caspe.

Caspe - Existe desde 2010, e todos os servidores da Educação do município que precisem de atendimento fonoaudiológico e psicológico (individual ou em grupo) podem procurar o centro.

Publicado em Sem categoria | Comentários desativados